quinta-feira, 27 de maio de 2010

Mundo Perfeito

Em um mundo perfeito não haveriam diferenças. Cor, credo, time, partido político, filé bem ou mal passado, nada seria motivo para discussões.

Em um mundo perfeito não haveriam fronteiras, vistos de entrada, cercas ou mata burros. Falta de dinheiro ou ter nascido no lugar errado jamais impediriam as pessoas de entrar e sair onde elas quisessem no momento que quisessem. Todos seriam iguais, entenderiam o que os outros pensam sem julgamentos baseados em uma cultura que não condiz com a das outras pessoas.

Em um mundo perfeito também não haveriam distâncias. Teletransporte seria tão comum quanto ônibus lotado às 18h e, para os tradicionalistas, haveriam opções de voos abundantes para todos os cantos, a todo o mundo, por preços que todos pudessem pagar.

Em um mundo perfeito todos os sentimentos seriam bons, a inveja seria o combustível para o crescimento pessoal, a ganância seria vontade de ser um ser humano cada vez melhor e dor seria apenas um erro digitação na hora de escrever amor.

Mas e o amor? Precisa de um mundo perfeito?

O amor perfeito não conhece fronteiras. Ele as ultrapassa como se atravessasse um portão sem travas. Para o amor perfeito, problema não passa de saber se ela gostaria de passar antes por Paris ou Londres. O amor perfeito não conhece diferenças, pois é feito de duas criaturas que se entendem e se completam como se fossem uma só, e talvez até sejam mesmo. E não importam os preços das passagens, os horários dos voos ou o atraso na invenção do teletransporte, o amor perfeito não conhece distâncias, o cheiro, o toque ou sabor, todos eles vêm com a lembrança e com a certeza de que amanhã, quem se ama de verdade, acordará todo dia com um beijo de bom dia da pessoa mais perfeita que o mundo produziu.

5 comentários:

Danilo disse...

Que romancezinho agua com acucar!!!
huahuahaua
ta apaixonado o gordao!!
Como diz o ditado o apaixonado faz tudo, ate aprende a escrever poema!
Felicidades Balu e Pao de Queijo

fermlj disse...

Que lindo, Edu!
O que o amor não faz...
Bjos
Fer

fermlj disse...

aaaah...vou colocar o link do seu blog no meu msn!!!
hehehehe

quisen disse...

muito utópico, mas quem sabe não é?

tutopdito disse...

Excelente. Tava precisado de combustível pra escrever de novo nesse blog hein guri?!?!?!

Abraxxxx